Pular para o conteúdo

Alpes

20/02/2010

Imagem da Itália, do satélite.

Da sacada do meu apartamento, consigo ver os alpes, localizados ao norte da Itália, essa faixa branca que se pode visualizar pela imagem do satélite. São formações rochosas milenares, que nessa época  do ano (inverno), estão ainda mais cobertas de neve. Esses alpes, fazem parte de uma cadeia rochosa que vai da França até o sul da Alemanha, divisa com a Austria. Fazendo uma busca mais aprofundada, descobri que os Alpes foram levantados devido à presão exercida sobre sedimentos da bacia do mar de Tétis, à medida que os seus estratos mesozóico e cenozóico foram empurrados de encontro à estável massa eurasiática pela massa africana, que se movia na direção norte. Isto ocorreu durante as épocas oligocena e miocena. A pressão formou grandes dobras, chamadas “nappes”, que subiram do que era o mar de Tétis e pressionaram na direção norte, com freqüência partindo-se e deslizando umas sobre as outras.

A paisagem vista hoje, foi formada principalmente por glaciação ao longo dos últimos dois milhões de anos. Pelo menos, cinco eras glaciais atuaram para alterar a região, ao formar os lagos e arredondar as colinas de calcário na franja setentrional. As geleiras têm recuado ao longo dos últimos 10 mil anos. Crê-se que, com o término da última era glacial, o clima foi alterado de maneira tão súbita que as geleiras recuaram para as montanhas num período de cerca de 200 a 300 anos.

No inverno passado, tive a oportunidade de ir até uma estação de esqui, na região do Piemonte, também no norte da Itália, divisa com França e Suíça. A montanha chamava-se Mottarone (site), e fica localizada entre o lago Maggiore e o lago d’Orta, com quase 1.500 m de altura, um dos menores picos da cadeia rochosa. Os carros para conseguirem subir ate o pico, tem que ser equipados com correntes nas rodas para melhorar o atrito com o chão derrapante coberto de gelo, o que diminui a velocidade. Já no alto, quando descemos do carro e pude encher os pulmões de ar, tive a sensação de que estava no céu, ou pelo menos encostado nele. Que vista espetacular, a que tive! De tanta claridade, no inicio, os olhos teimavam em permanecerem abertos. Em uma direção podia-se vislumbrar a França, na outra, a Suíça e a naturalmente a Itália.

A paisagem, sem sombras de dúvidas, foi uma das mais lindas que vi em toda a minha vida. Um panorama monocromático em branco, a perder de vista. Os picos cobertos de neve, dependendo da hora do dia e da influência da luz do sol, adquiriam tons de cores surreais, que oscilavam do azul ao violeta. Um espetáculo da natureza, a um palmo do meu nariz. Evidentemente, fiz muitas fotos, das quais, compartilho algumas com todos vocês, para que possam apreciar e tornar reais essas poucas palavras, que sem dúvidas, não descrevem a totalidade da beleza da natureza, que nesse dia se fez um presente em minha vida.

Clique nas fotos para ampliá-las.

Fotografia n° 1 by Jean Ponchiroli

Fotografia n° 2 by Jean Ponchiroli

Fotografia n° 3 by Jean Ponchiroli

Fotografia n° 4 by Jean Ponchiroli

Fotografia n° 5 by Jean Ponchiroli

Fotografia n° 6 by Jean Ponchiroli

Fotografia n° 7 by Jean Ponchiroli

Fotografia n° 8 by Jean Ponchiroli

Entenderam a emoção, sobre a qual tentei descrever? Espero que tenham gostado, um grande abraço,

Ci vediamo!

Anúncios
8 Comentários leave one →
  1. Gisele permalink
    21/02/2010 21:53

    Olá Jean

    Uma delícia navegar por seu blog. Então vc tb é fotógrafio? Que material lindo… aquela daquele casal, então, deslumbrante!!!
    Um abraço!

  2. Jean Ponchiroli permalink
    22/02/2010 10:05

    Olà Gi! Fiquei muito feliz com a sua visita por aqui! Respondendo a tua pergunta, sou fotografo AMADOR! Não tenho curso profissional, muito embora seja apaixonado por fotografia! Ainda vou fazer um, se der certo, este ano ainda! Enfim, obrigado pela visita! Te gosto demais! Beijos!

  3. 23/02/2010 18:47

    Jeanzito!

    Que lugar mais maravilhoso!
    É claro que a técnica do fotógrafo ajudou – tuas imagens estão ficando cada dia melhores (esse é meu lado profissional falando, viu?)

    Nesse calor do Brasil, da uma vontadinha de estar aí no meio dessa nevinha!

    beijos saudosos

  4. Jean Ponchiroli permalink
    23/02/2010 21:53

    Fran,
    Obrigado pela visita!
    E sem duvidas o lugar é maravilhoso! Fiquei orgulhoso sobre seu comentário sobre as fotos!
    Obrigado de coração,
    Beijos

  5. 04/03/2010 22:44

    Jean

    Que fotos lindas que vc tem aqui no Blog!!
    Eu adoro as paisagens de montanha,principalmente no Inverno. Há uns 3 anos estive em Courmayeur ( na fronteira da Itália com a França) que fica na base do Mont Blanc,que com os seus 4000 m de altura é a maior montanha da Europa.
    Mas Itália tem ainda outras montanhas tão lindas como os Alpes… as Dolomites,que fazem parte inclusive da lista da Unesco…
    Parabéns pelo Blog…vou voltar aqui muitas vezes!
    Um abraço

  6. 05/03/2010 13:49

    Buon giorno Margarida,
    Muito obrigado pela visita ao Blog e pelos seus elogios!
    Espero poder contar com sua visita muitas outras vezes!
    Um grande abraço!

  7. 07/10/2010 8:32

    Fantásticas suas fotos.

    A natureza é algo que continua a nos surpreender a cada momento/instante.

Trackbacks

  1. Neve da quase Primavera « Tempo Libero

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: